quarta-feira, 4 de maio de 2011

Até que um garoto nos separe?!!

Assim que o sinal tocou Malu saiu correndo da sala de aula, sem se importar com o que a professora terminava de falar, era alguma coisa sobre células sanguíneas. Precisava mesmo era chegar na sua casa, se encontrar com a amiga Leila e contar a novidade. Finalmente decidira contar que estava gostando de um garoto. Ele era um fofo, super gato e parecia estar afim.
Chegou correndo em casa, largou a mochila no quarto e saiu correndo para ir falar com a vizinha amiga. Topou com a mãe na porta que quis logo saber pra onde a menina ia antes do almoço. Malu respondeu que ia à casa do lado falar com a amiga deu um beijinho estalado na mãe e saiu correndo porta a fora. Malu encontrou a amiga sentada na janela com um olhar distante uma folhinha dobrada na mão. Leila levou um susto quando a amiga se aproximou ofegante e sorridente.
As duas eram amigas desde o primário, sempre estudaram juntas, mas agora que já estavam na 8° serie a mãe de Leila decidira mudá-la de escola e por isso as duas não passavam mais o dia todo juntas e as novidades eram contadas só na parte da tarde. Malu quis primeiro saber por que a miga estava aborrecida e se espantou e se entristeceu ao ouvir o motivo. Leila entregou a cartinha que segurava á Malu dizendo que o garoto por quem ela descobrira estar apaixonada gostava mesmo era de outra menina.Malu abriu a cartinha e tomou um susto. Era do garoto que morava na frente de sua casa, aquele fofo e super gato por quem também estava apaixonada. E a carta era pra ela!!!!!!!!
Leila explicou que era amiga dele e que estava gostando dele, mas ele pediu a ela que entregasse a tal carta para Malu. Malu abraçou a amiga e disse que era pra ela ficar tranquila por que não queria nada com ele não e voltou pra casa depois de ler com amiga a carta causadora de um problemão.
Chorou escondida no seu quarto e escreveu em seu pequeno diário tudo o que a entristecera. Finalmente se recuperou e foi falar com a amiga. Pegou a carta devolveu ao garoto e disse que não poderia ficar com ele por motivos que não podia falar. Leila disse que não se importava se a amiga ficasse com o garoto, mas Malu sabia que se ficasse, com certeza magoaria amiga.Percebeu então que jamais iria querer perder aquela tão querida amizade e então deu um grande abraço em Leila e as duas combinaram serem leais e sinceras e jamais deixariam que garoto nenhum atrapalhasse a amizade delas. O garoto passou e aquela paixonite que antes parecia enorme também se foi agora aquela incrível amizade continuava ali cada vez mas forte e resistente a garotos.

Um comentário:

  1. Sempre me encanto por aqui!

    Tenha um lindo finalzinho de semana,

    beeijo flor!

    ResponderExcluir